Almeirim quer recolher Magalhães já usados

AddThis Social Bookmark Button

A autarquia de Almeirim iniciou uma campanha de recolha de computadores Magalhães em final de julho e quer recolher pelo menos 75 até outubro para uso exclusivo dos alunos do 1º Ciclo.

 

A câmara de Almeirim quer recolher os computadores Magalhães que já foram usados pelas crianças do Ensino Básico para permitir que as que não puderam ter este computador beneficiem dele apesar do cancelamento do programa pelo Executivo.

 

A autarquia tinha criado um programa de educação tecnológica, quando o programa e-Escolas ainda funcionava, mas faltam computadores para os alunos que estão a chegar ao 1º Ciclo.

 

Em declarações à TSF, o vice-presidente deste autarquia lembrou que os «professores começam a notar que há diferenças na competências entre os que tinham o Magalhães e os que não tinham».

Por este motivo, a autarquia começou uma campanha de recolha de computadores Magalhães em final de julho, que até aqui resultou na recolha de seis computadores, mas a ideia é chegar aos 75.

«Com estes 75 computadores e com a capacidade de ter três turmas a funcionar ao mesmo tempo, conseguimos deslocar os computadores de forma a que consigam ser usados por todas as escolas e turmas», explicou Pedro Ribeiro.

Os computadores recolhidos serão para uso exclusivo dos alunos do 1º Ciclo e a campanha continua a até outubro, sendo aceites computadores em bom estado ou aqules que, estando avariados, estejam em condições de ser arranjados.

Segundo Pedro Ribeiro, os Magalhães podem ser entregues no posto de turismo ou nas escolas, onde será entregue um documento onde será referido que estes computadores são para uso exclusivo de alunos do 1º Ciclo.

Fonte: TSF

Comentar

Código de segurança
Atualizar